Skip links

PRP (Plasma Rico em Plaquetas)

O PRP (Plasma Rico em Plaquetas) é uma técnica especial de centrifugação que é feita a partir de uma amostra de sangue da própria pessoa.

É um tratamento que consiste no aproveitamento dos factores de crescimento, derivados das plaquetas do nosso sangue, de forma a estimular a regeneração celular e acelerar a reparação tecidular.

Como funciona?

Inicialmente é colhida uma pequena quantidade de sangue que vai ser posteriormente colocada num tubo devidamente esterilizado. Este tubo é colocado no interior de uma centrifugadora, a altas velocidades, com o objectivo de separar o plasma dos diferentes componentes do sangue. Durante este processo os glóbulos vermelhos e brancos são separados do plasma e das plaquetas.

Após este processo obtém-se um líquido amarelo dourado, o plasma, que passa a conter um número mais elevado de plaquetas do que o normal. As plaquetas são as células presentes no nosso sangue que ajudam na cicatrização dos tecidos e promovem a produção de novas células, incluindo a produção de colagénio e ácido hialurónico.

Ao serem aplicadas em áreas especificas da pele, por meio de uma injecção intradérmica local, actuam como uma matriz que promove o aumento da produção de colagénio, regenera os tecidos, suaviza e dá mais firmeza à pele, contribuindo para uma melhoria considerável da qualidade da pele.

É um procedimento simples, seguro e rápido, que utiliza os factores de crescimento próprios de cada pessoa, sem produtos sintéticos ou cirurgias. O seu próprio sangue faz todo o trabalho. Desta forma não apresenta contra-indicações ou efeitos colaterais graves decorrentes da sua aplicação.

Os resultados começam a aparecer 3-4 semanas após o tratamento e melhoram gradualmente ao longo do tempo, sendo que os resultados mais significativos são mais notórios após 1 mês a 2 meses. Os tratamentos de manutenção de PRP devem ser administrados ao longo do tempo consoante a necessidade de cada caso.

 

Pode ser indicado para:
Tratamento da Alopécia (hereditária ou não-hereditária)

Nestes casos o PRP é injectado no couro cabeludo, com o objectivo de estimular a unidade folicular de forma a promover o crescimento capilar. É um procedimento que pode ser realizado como tratamento único, para fortalecer o folículo, assegurando a sua longevidade e potencialidade, e também revigorar folículos adormecidos, ou em fase senescente (de envelhecimento), estimulando o crescimento de novos cabelos.

O PRP é aconselhado a todos as pessoas, independentemente do seu grau de alopécia e mesmo que já tenham sido submetidos a transplante capilar.

Contrariamente aos transplantes capilares, o tratamento com PRP não tem efeitos colaterais como a formação de crostas, traumas e eritemas, cicatrizando muito mais rapidamente. Os tratamentos devem ser realizado num protocolo para 6 meses, sendo repetidos a cada 4 semanas.

Pedido de marcação de consulta

*Campos de preenchimento obrigatório.

Preencha o seguinte formulário e aguarde um contacto da nossa equipa, ou utilize os outros meios de contacto disponíveis.